• Raul Otuzi

O que te motiva a inovar? Que não seja só a concorrência

Atualizado: 24 de Mai de 2020


Inovação virou mantra, objeto de desejo. O mercado só fala disso. Todos querem inovar.


Mas querem por quê?

Segundo estudos, existem 5 drivers da inovação:

1. Concorrência – Entrada de novos players, startups e competidores low cost.

2. Clientes – Adoção de novos comportamentos, segmentos, prioridades e desejo pelo novo.

3. Desafios Internos – Expectativas de crescimento, pressão por maior produtividade.

4. Mudanças – Descontinuidades e transições tecnológica, econômica, social e sustentável.

5. Talentos – Busca por propósito, atração e retenção da geração Y.


Agora uma pergunta importante: você sabe o que move a indústria brasileira rumo à inovação?

A principal motivação é a sobrevivência.

A pesquisa foi realizada pela CNI - Confederação Nacional da Indústria - abril e maio 2019.

Ou seja, 1 em cada 3 presidentes de 100 empresas do segmento pensa somente em sobreviver.

33% estão com os olhos voltados apenas para a concorrência.

Em vez de pensarem à frente, estão preocupados com o que está ao seu lado.

E a concorrência, como vimos, é apenas um dos cinco drivers da inovação.


Vou repetir:

1 em cada líder da nossa indústria procura a inovação para manter a empresa viva, não para crescer ou conquistar mais mercado.

Essa mentalidade reativa demonstra que falta coragem e ousadia.


O que fazer para mudar? Implantar a cultura da inovação. Pensar e agir de forma integral, com métodos e indicadores.

Leva tempo, precisa de gestão, pessoas e dedicação, mas dá resultado. Duas dicas práticas:


- Dê tempo e espaço aos seus colaboradores Na 3M, 15% do tempo é livre para dedicação a projetos totalmente novos. A ideia deu tão certo que é reproduzido em outras empresas, como o Google, por exemplo.


- Premie o erro Em 2018, a farmacêutica Sanofi premiou o maior erro cometido dentro da companhia no ano anterior. Foi realizada uma votação interna. O objetivo? Incentivar uma das características mais comuns aos processos de inovação: para acertar, é preciso experimentar, testar e, muitas vezes, errar.


Quer saber mais sobre inovação?

Convido você a participar do meu Workshop Business Innovation – inovação para gerar negócios - no início de fevereiro na ACIRP em Ribeirão Preto.

Aqui o link de inscrição: https://bit.ly/2ZNMPqC


6 visualizações0 comentário